sábado, 21 de outubro de 2017

TID E DELAIR ALMA E CORAÇÃO

Vida simples de Tid e Dêla

Brincando com a cascavel

Fazenda Santa Bárbara

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Saudade...

"A saudade mais dolorida é a saudade de quem se ama. Saudade da pele, do cheiro, dos beijos. Saudade da presença, e até da ausência consentida. Você podia ficar na sala e ele no quarto, sem se verem, mas sabiam-se lá. Você podia ir para o aeroporto e ele para o dentista, mas sabiam-se onde. Você podia ficar o dia sem vê-lo, ele o dia sem vê-la, mas sabiam-se amanhã. Mas quando o amor de um acaba, ao outro sobra uma saudade que ninguém sabe como deter.
Saudade é não saber. Não saber mais se ele continua se gripando no inverno. Não saber mais se ela continua clareando o cabelo. Não saber se ele ainda usa a camisa que você deu. Não saber se ela foi na consulta com o dermatologista como prometeu. Não saber se ele tem comido frango de padaria, se ela tem assistido as aulas de inglês, se ele aprendeu a entrar na Internet, se ela aprendeu a estacionar entre dois carros, se ele continua fumando Carlton, se ela continua preferindo Pepsi, se ele continua sorrindo, se ela continua dançando, se ele continua pescando, se ela continua lhe amando.
Saudade é não saber. Não saber o que fazer com os dias que ficaram mais compridos, não saber como encontrar tarefas que lhe cessem o pensamento, não saber como frear as lágrimas diante de uma música, não saber como vencer a dor de um silêncio que nada preenche.
Saudade é não querer saber. Não querer saber se ele está com outra, se ela está feliz, se ele está mais magro, se ela está mais bela. Saudade é nunca mais querer saber de quem se ama, e ainda assim, doer.
Ah...Essa Martha Medeiros entende mesmo de saudade...



 Resultado de imagem para foto sobre saudadeResultado de imagem para foto sobre saudade
"Fica permitido nesse final de semana ( e depois também) dizer “Eu te amo”…Uma vez pela manhã, uma pela tarde e uma pela noite. Já fez isso hoje? Fica estabelecida a lei do amor, fica permitido conhecer a verdade da vida , a ausência da morte, a eternidade da alma. Fica permitido dizer obrigado, por favor, com licença.
 Fica permitido entender que o erro é estágio da evolução.(ninguém erra por querer). Fica totalmente permitido perdoar e se perdoar.
 Ficam permitidos o Bem, a Paz, a Compaixão e a Caridade.
E revogam-se todas as permissões contrárias”.





 Resultado de imagem para foto de amizade
Palavras mágicas que podem dar segurança e salvar pessoas:

- O que eu posso fazer por vc??? Eu levo vc... eu vou com vc... eu falo por vc... eu pago p. vc... eu escolho p. vc... eu cuido de vc... eu estou com vc... eu não largo de vc... eu faço p. vc... eu chamo vc... eu acordo vc... eu durmo com vc... eu abraço vc...eu atravesso com vc... eu acompanho vc... eu cozinho p. vc... eu resolvo p. vc... eu fico com vc... ... .... <3 <3 <3
Obrigada, Lila Castello Branco.



 Resultado de imagem para foto de amizade
Gente nova no sertão...
Filhote de rolinha.

Sempre é bom que pensemos em coisas doces e puras.
Um puro e doce dia pra vc.

 
Vc já sentiu um "desassossego" assim?


"Mas eu gostava dele, dia mais dia, mais gostava.
Digo o senhor: como um feitiço? Isso. Feito coisa-feita.
Era ele estar perto de mim e nada me faltava. Era ele fechar a cara e estar tristonho, e eu perdia meu sossego."
Guimarães Rosa

 Resultado de imagem para foto de guimaraes rosa

A imagem pode conter: planta, árvore, céu, atividades ao ar livre e natureza

Gente nova no sertão....Perigo!!!!....


Achamos preso no pé de manga....
A cabatatu (Synoeca cyanea) ou marimbondo -tatu....
É uma espécie brasileira de vespa, de coloração azul enegrecida com tons metálicos e desenhos avermelhados na cabeça. Seus ninhos, com cerca de 1 m por 40 cm de largura, presos em árvores, parecem com uma carapaça de tatu. Também são conhecidas pelos nomes de irina, marimbondo-tatu, tatu, tatucaba, tatucaua e vespa-tatu.
Uma outra particularidade desse marimbondo feroz , cuja ferroada é muito dolorosa....é que de noite, sentindo ameaçado e não podendo esvoaçar em cima do agressor, a colmeia toda, em rufar de asas, emite um som parecido berro de onça, que também assusta e faz afugentar quem está próximo, seja homem, seja bicho.
É um marimbondo que mete m
edo em qualquer cidadão.


  Não parece um casco de tatu?
 A imagem pode conter: planta, árvore, céu, atividades ao ar livre e natureza